Conceitua-se o Memorando de Entendimento como um documento fundamental para consolidar entre os sócios sobre direitos e responsabilidades perante a empresa, acordando as bases negociais e expectativas futuras do novo empreendimento.

Ressalta-se que o objetivo da formalização dessa simples estrutura empresarial é de poder conferir aos sócios a segurança jurídica a um futuro contrato social, sendo importante também para resolver problemas de limitação de recursos financeiros, estabelecendo diretrizes de cada sócio e principalmente para garantir organização empresarial.

Frisa-se que o Memorando de Entendimento entre sócios é realizado normalmente em fase inicial, eis que é uma base para à constituição formal do negócio (elaboração do Contrato Social e registro na Junta Comercial) e inscrição no Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica.

A construção desse documento compõe-se uma análise dos pontos fundamentais da empresa para depois concretizar esse acordo com as principais cláusulas para a relação societária.

|Veja mais aqui sobre acordo de sócios

DÚVIDAS QUANTO A ELABORAÇÃO  E CLÁUSULAS DO MEMORANDO DE ENTENDIMENTO ENTRE SÓCIOS?

Seguem as principais cláusulas para a contrução desse acordo:

  • OBJETIVO

Busca apresentar a principal ideia formada para a concepção do empreedimento, norteando as diretrizes de trabalho, as ações dos sócios e da empresa, a adequação de estrutura, entre outros quesitos importantes para serem especificados em documento conforme as características de cada empresa.

  • FINALIDADE

Considerando que o Memorando de Entendimento é uma compreensão mútua entre os sócios para com a empresa, a finalidade demonstrada ao materializar tal documento é de poder concretizar todas as ações desenvolvidas pela empresa.

  • DEFINIÇÕES

É o glossário dos termos utilizados no Memorando de Entendimento.

  • PRINCÍPIOS

Os princípios têm por finalidade respeitar a legislação vigente, buscando elaborar o acordo com soberania, segurança jurídica, interesse econômico, entre outros fundamentas quesitos para não contraditar nenhuma norma jurídica.

  • ESCOPO 

É o detalhamento do memorando de entendimento, especificando os casos em que o memorando de entendimento pode ser utilizado.

  • SOLICITAÇÕES DE ASSITÊNCIAS OU INFORMAÇÕES:

 Descreve a maneira de como podem ser solicitada informações.

  •  EXECUÇÃO DAS SOLICITAÇÕES 

Uma vez solicitada informações sobre itens constantes no Memorando de Entendimento, a parte de execução de solicitações, devem ser ressaltas como são procedidos os questionamentos a serem esclarecidos.

  • USOS PERMITIDOS DA INFORMAÇÃO E CONFIDENCIALIDADE:

 Define os fins de utilização das informações.
Ademais, é interessante que exista uma cláusula de confidencialidade, fazendo com que o conteúdo do contrato seja de conhecimento apenas dos envolvidos.

  •  CONTROVÉRSIAS E CONSULTAS 

Em caso de qualquer controvérsia sobre o Memorando de Entendimento é especificado no próprio documento a maneira de como solucionar tal discussão.
E em caso de modificação de qualquer item, ou cláusula do Memorando de Entendimento devi-se já pré-definir como será realizada tal alteração. Sento utilizado a consultas de todas as partes envolvidas.

  • VIGÊNCIA

Por fim, e não menos importante deve constar no Memorando de Entendimento é a de prazo de validade, determinante para saber quando que o acordo começa a ter validade e por quanto tempo são os seus efeitos ali pactuados.

 Nesse passo, observa-se que os empreendedores que se preocupam em elaborar um memorando de entendimentos demonstram seriedade com seu negócio, evitando futuros conflitos e buscando soluções saudáveis para o crescimento do novo investimento.

Enfim, estas as principais cláusulas para a elaboração do Memorando de Entendimento Entre Sócios.
E se você ainda não elaborou esse documento, entre em contato conosco!